Soundbeam: alunos de escola de dança aprendem com jovens e adultos especiais

Já imaginou os alunos de uma escola de dança num projeto conjunto com jovens e adultos com necessidades especiais? A experiência vem de Singapura e usa o equipamento de musicoterapia Soundbeam!

Damos a conhecer nesta notícia um projeto super interessante: “Pushing the boundaries of inclusivity” ou em português, “Expandindo os limites da inclusão”. Este projeto decorreu este ano de 2016 e resulta de uma parceria entre o instituto I’m Soul Inc e a escola de dança NAFA (Nanyang Academy of Fine Arts), ambas instituições de Singapura.

Em maio foi gravado um vídeo que apresenta os seus resultados e a opinião de diversos participantes. Veja o vídeo!

No instituto I’m Soul Inc, acreditam que a música tem o poder de voltar a ligar certas componentes do cérebro, de curar e de estabelecer ligações entre as pessoas. No entanto, nem todos conseguem ter acesso à música… Seja pela dificuldade de acesso aos próprios instrumentos, seja pela dificuldade em tocar determinado instrumento, seja por alguma limitação física ou intelectual. O seu objetivo é que TODOS tenham acesso à música e que aproveitem todos os benefícios que ela pode proporcionar!

Um dos equipamentos com que trabalham é o Soundbeam. Este permite transformar qualquer movimento, por mais pequeno que seja, em som, em música.

Na opinião dos professores e alunos da escola de dança NAFA, esta parceria e este projeto permitiram aos estudantes sair do estudo tradicional e aprender a interiorizar a música e a dança em harmonia e em interação com pessoas de todas as idades e capacidades. Os alunos consideram esta experiência como uma verdadeira oportunidade de aprendizagem, de perceção e aceitação do outro, de entender as suas paixões, os seus desejos, as suas limitações e as suas complexas capacidades.

Os intervenientes do projeto consideram que este foi o primeiro passo de uma verdadeira interação e integração com a comunidade e com pessoas muito diversas… “Não são pessoas com necessidades especiais, mas sim pessoas com necessidades e capacidades diferentes e muito valiosas“, diz um dos professores de dança da escola.

 

Tem projeto como este, interessante e que vale a pena partilhar? Contacte-nos para info@imagina.pt e teremos todo o gosto em divulgá-lo no nosso blog.




Colocado no dia: 26 Setembro 2016 às 10:49

Tags: , , , ,

Artigo escrito por: Patrícia Correia

Comentários


Deixe um Comentário

É necessário estar registado para escrever um comentário.

Caso ainda não se tenha registado poderá registar-se em: http://www.cnotinfor.pt/registo


Subscrever via RSS







  • Comunidade Imagina



  • Criar conta gratuitamente
    Esqueceu a sua password?
    • Print
    • email
    • Twitter
    • Facebook
    • Google Bookmarks
    • del.icio.us
    • LinkedIn
    • RSS



    Edições


    Áreas

    acessibilidade ajudas técnicas aprendizagem aventuras 2 BICA curta CAA centro de formação comunicar com símbolos comunicação aumentativa e alternativa concursos editorial educação especial educação inclusiva eventos formação à distância inclusão invento 2 investigação & desenvolvimento lançamento de produtos leitura leitura e escrita literacia myHealthPass necessidades especiais oscar feels portal de atividades Imagina produtos de apoio projetos pt-BR pt-PT questões e aprendizagem recursos educativos responsabilidade social sistema de símbolos symbolinc software educativo software imagina software inclusivo symbol lab símbolos para a alfabetização da widgit tecnologia assistiva tecnologias de apoio testemunhos e experiências TIC em contexto curricular TOP QX vox4all