Projeto TO Brincando da UFRJ – um testemunho de Miryam Pelosi

O TO Brincando é um projeto de pesquisa, ensino e extensão sobre o brincar a partir da concepção do brincar para a Terapia Ocupacional, que está sendo desenvolvido no âmbito do curso de graduação em Terapia Ocupacional da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro).

Jogo Pula Pirata - atividade feita com o software inVento para ligar o símbolo à palavra correspondente

Deixamos aqui o testemunho da Terapeuta Ocupacional da UFRJ Miryam Pelosi e alguma informação bastante interessante sobre este projeto.

“Estamos usando o InVento e o Comunicar com Símbolos em uma pesquisa nova sobre adaptações de brinquedos para crianças com deficiência. Além de uma sugestão de adaptação de acesso ao brinquedo, estamos fazendo atividades relacionadas ao tema que o jogo trabalha e que possam auxiliar o desenvolimento da leitura, escrita, matemática e conceitos. Veja as adaptações que já estāo prontas do Cara a Cara e do Pula Pirata no www.Portalassistiva.com.br, colocando como palavra chave de busca o nome dos jogos.
Esse é um projeto em parceria com o Movimento Down.”

Informações sobre o Projeto TO Brincando

O Brincar, tendo em conta o conceito na Terapia Ocupacional (TO), é compreendido como fim e objeto da intervenção e, também, como meio para aquisição e aprimoramento de habilidades.

O estudo objetiva produzir conhecimento acerca do brincar adaptado para crianças com síndrome de Down e suas famílias, potencializando o desenvolvimento e a conquista de maior autonomia através da disseminação de conhecimento na Plataforma Interativa – Movimento Down. Este estudo está dividido em duas etapas:

  1. Construção de um catálogo com brinquedos adaptados;
  2. Experimentação das adaptações realizadas com grupos de crianças e adolescentes com Síndrome de Down.

As adaptações de acesso foram desenvolvidas com materiais muito simples: velcro, imã, antiderrapante, cartas e tabuleiros ampliados e peças engrossadas com auxílio de borracha.

Jogo Cara a cara - atividade feita com o software inVento para ligar o símbolo à letra inicial da palavra

O enriquecimento das atividades foi realizado com imagens escaneadas do próprio objeto na construção de jogos (quebra-cabeça, bingo, dominó). Além disso, foram concebidas atividades relacionadas ao desenvolvimento de conceitos matemáticos, de leitura e escrita, e outras áreas, nomeadamente:

  • a construção de regras escritas com símbolos (foi utilizado o software inVento da Imagina)
  • construção de pranchas de comunicação (foi utilizado o software inVento da Imagina)
  • folders do brinquedo adaptado
  • manual das adaptações realizadas e dicas da sua utilização

Se desejar mais informações sobre o projeto, acesse os seguintes sites:




Colocado no dia: 20 Dezembro 2012 às 15:31

Tags: , , , , , , , ,

Artigo escrito por: Patrícia Correia

Comentários


Deixe um Comentário

É necessário estar registado para escrever um comentário.

Caso ainda não se tenha registado poderá registar-se em: http://www.cnotinfor.pt/registo


Subscrever via RSS







  • Comunidade Imagina



  • Criar conta gratuitamente
    Esqueceu a sua password?
    • Print
    • email
    • Twitter
    • Facebook
    • Google Bookmarks
    • del.icio.us
    • LinkedIn
    • RSS



    Edições


    Áreas

    acessibilidade ajudas técnicas aprendizagem aventuras 2 BICA curta CAA centro de formação comunicar com símbolos comunicação aumentativa e alternativa concursos editorial educação especial educação inclusiva eventos formação à distância inclusão invento 2 investigação & desenvolvimento lançamento de produtos leitura leitura e escrita literacia myHealthPass necessidades especiais oscar feels portal de atividades Imagina produtos de apoio projetos pt-BR pt-PT questões e aprendizagem recursos educativos responsabilidade social sistema de símbolos symbolinc software educativo software imagina software inclusivo symbol lab símbolos para a alfabetização da widgit tecnologia assistiva tecnologias de apoio testemunhos e experiências TIC em contexto curricular TOP QX vox4all